É seguro viajar durante a pandemia? Depende.

0

É seguro viajar durante a pandemia? Embora muitas restrições ainda existam, as viagens estão lentamente recomeçando. Pessoas presas por meses querem esticar as pernas, ver algo diferente de uma tela e o turismo quer impulsionar a economia. 

É seguro viajar durante a pandemia para a praia?

Algumas pessoas continuam trabalhando em home office, mas por conta da flexibilidade que a pandemia trouxe, é possível mudar o trabalho de casa para a praia. 

Estamos caminhando para o período de férias. Onde as praias em novembro começam a receber turistas procurando tranquilidade e paz depois de meses confinados. 

Por isso, os hotéis e pousadas nas praias estão operando com a capacidade reduzida. Seguindo as diretrizes de segurança dos decretos municipais de cada lugar. 

Obviamente ainda é necessário o uso de máscara e álcool em gel, manter o distanciamento social e evitar grandes aglomerações, mas de certa forma, é muito mais seguro viajar agora do que a 6 meses atrás. 

Caso você esteja receoso se o lugar que você está indo é seguro, entre em contato com o estabelecimento e tire quantas dúvidas tiver. Procure saber os protocolos de seguranças que eles adotam e pesquise por resenhas de pessoas que se hospedaram lá. 

É seguro viajar durante a pandemia em um avião?

Pode parecer assustador para algumas pessoas ficarem presas dentro de um avião com a possibilidade de um vírus circulando pelas cabines. 

Por isso, é normal nos perguntarmos “é seguro viajar durante a pandemia?” Bom, felizmente temos a resposta para você. 

As companhias aéreas adotam rigorosos controles de qualidade e diretrizes internas durante os voos, principalmente voar com um limite mínimo de passageiros. 

Além disso, após cada viagem, o avião é esterilizado e preparado para receber novos embargantes. 

Se todos seguirem as diretrizes da Organização Mundial da Saúde , o risco de transmissão a bordo de aviões e em qualquer outro lugar é reduzido significativamente.

Aeroportos e companhias aéreas estão tentando minimizar os riscos de contágio em seus ambientes frequentemente lotados. 

A limpeza intensiva agora é a norma. Aviões estão sendo embaçados com desinfetante eletrostático que gruda em superfícies como cintos de segurança.

Leia também: 5 dicas de postura para usar o computador da forma correta

É seguro viajar durante a pandemia para um parque nacional?

Como vimos anteriormente, as praias em novembro tendem a ficar movimentadas pela chegada das férias, mas com os parques nacionais não é diferente.

O lado bom de tudo isso é que você está em um ambiente totalmente aberto, onde tem livre circulação de ar e dificultar a propagação da covid-19. 

Há muitos benefícios para a saúde em estar ao ar livre na natureza, e os riscos são baixos e administráveis. 

O segredo é manter uma distância de dois metros. Uma boa prática em um parque é fingir que as outras pessoas não estão ali e permanecer longe dela. 

Antes de se dirigir a algum parque nacional, entre no site da prefeitura ou do estado e procure saber se já está aberto a visitações e se tem limite de entrada. 

É seguro viajar durante a pandemia e se hospedar em um hotel?

Desafio: distanciar-se com segurança e confiar na gestão doméstica

Melhor prática: 

Os hotéis que cuidam melhor de seus funcionários (fornecendo-lhes equipamentos de proteção individual e licenças remuneradas por doença) têm maior probabilidade de cuidar melhor de você. 

Verifique o site de qualquer hotel que você esteja considerando para determinar como eles estão respondendo ao COVID-19. 

Escolha propriedades que baseiam seus protocolos na ciência, em vez de coisas que parecem boas, mas têm pouco efeito ou desviam o foco de áreas que realmente importam. 

Portanto, procure hotéis que tenham instalado plexiglass na recepção e que exijam que os funcionários usem máscaras ou onde você possa fazer o check-in online e usar o telefone como a chave do quarto. 

Alagoas é um excelente exemplo, já que teve uma pousada em Japaratinga, que recebeu o Selo Safe Travels (Viagens Seguras), criado pela ONG inglesa WTTC, que reconhece empresas privadas por práticas de prevenção ao vírus. 

Evite elevadores e, se puder, aproveite para se exercitar e usar as escadas. O serviço de quarto pode ser mais seguro do que o restaurante. 

Dê um mergulho se a piscina não estiver lotada: a limpeza padrão da piscina mata os vírus. Então a piscina provavelmente é segura; é com as pessoas que você precisa se preocupar. 

Embora quartos limpos sejam importantes, o mais importante é ficar a dois metros de distância dos outros. 

E, claro, lave as mãos ao chegar ao quarto e novamente antes de sair.

É seguro viajar durante a pandemia e usar um banheiro público?

Desafio: Cuidar dos negócios em banheiros movimentados

Prática recomendada: 

Presuma que os banheiros públicos não estão desinfetados adequadamente e trate as superfícies como se tivessem vírus vivos. 

Sendo assim, geralmente é necessário usar. Portanto, ao fazer isso, escolha banheiros com box único e bem ventilados, se puder, e mantenha distância dos outros.

Assim, uma boa higiene das mãos é fundamental depois de usar um banheiro público. O que significa lavar e secar as mãos; se não houver sabão, use desinfetante para as mãos. 

Leia também: 9 remédios caseiros que ajudam evitar a temida gripe suína

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.